Após estreia na Juventus, Cristiano Ronaldo nega obsessão pela Champions

untitledO craque português Cristiano Ronaldo afirmou nesta quarta-feira que deseja vencer a Liga dos Campeões pela Juventus, mas que não tratará esse objetivo como uma “obsessão” para atual temporada.

Detentora de dois títulos da Champions, a Juve busca voltar a vencer a competição depois de mais de 20 anos. Nas últimas quatro temporadas, a Velha Senhora chegou na final em duas oportunidades, mas foi vice-campeã em ambas, após perder para o Barcelona (2014/15) e o Real Madrid (2016/17), então com Cristiano Ronaldo.

“Quero ganhar a Liga dos Campeões com a Juventus, e vamos fazer de tudo para vencer, mas não será uma obsessão, teremos de chegar lá passo a passo”, explicou o camisa 7 da equipe italiana, em entrevista à plataforma de streaming “DAZN”.

Ainda de acordo com CR7, o importante para a Juve é primeiramente conquistar o octacampeonato do Campeonato Italiano, a Copa da Itália e tentar “avançar o máximo possível” na Liga dos Campeões.

“Estou muito feliz, a equipe é forte, e a Juve, como todos sabem, é um dos melhores clubes do mundo. Há coisas na vida que parecem ditadas pelo destino e, neste caso, foi assim”, disse Cristiano Ronaldo, acrescentando que pretende fazer história na Velha Senhora.

Por conta das milagrosas defesas de Stefano Sorrentino, do Chievo, CR7 não marcou gols em sua estreia na Série A, e a pressão para o português anotar um tento no próximo confronto, diante da Lazio, aumentou. No entanto, o atacante amenizou a falta de gols em sua primeira partida e disse que “gosta de jogar sob pressão”.

“Administrar a pressão não é fácil, mas há momentos em que gosto de jogar sob pressão. Faz parte do meu trabalho, você tem de conviver com isso, mas eu consigo gerenciar”, explicou.

Após derrotar o Chievo por 3 a 2, de virada, a Juventus volta a campo no próximo sábado, para enfrentar a Lazio, em Turim. Será a primeira partida de Cristiano Ronaldo no Allianz Stadium, casa da Velha Senhora.

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA