Tangará da Serra recebe pacote de investimentos em todas as áreas

untitledCom uma população de quase 100 mil habitantes e o 10º maior Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso, Tangará da Serra (240 km da capital) é um dos municípios beneficiados com o pacote de obras e serviços do Governo do Estado. A área de infraestrutura soma mais de R$ 107,4 milhões em investimentos entre 2015 e o início deste ano.

Provenientes do Fethab Rural (Fundo Estadual de Transporte e Habitação), foram R$ 7,4 milhões para aplicação na manutenção de rodovias. Os outros R$ 100 milhões do Pró-Estradas contemplaram obras que estão sendo executadas em Tangará e nos municípios da região.

Dentre essas obras estão a reconstrução da MT-246 no trecho que dá acesso a Barra do Bugres, com recursos de R$ 30 milhões; a pavimentação da MT-343 que liga a cidade a Porto Estrela; a reconstrução de 13 quilômetros na MT-358, entre Tangará e o Distrito de Itanorte, em Campo Novo do Parecis.

Outras importantes iniciativas são a implantação da MT-339, conectando o município à região de Cáceres, na fronteira com a Bolívia; e o projeto da MT-240, no sentindo Santo Afonso. O governo deverá ainda retomar na Bolsa de Valores a concessão da MT-246, na região de Barra do Bugres e Tangará. Todas essas obras são aguardadas há muitos anos pela população.

Na avaliação do secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, o Pró-Estradas, lançado em 2015, vem conseguindo romper com um passado de caos ao permitir investimentos em todas as regiões de Mato Grosso.

“Temos hoje estradas mais bem cuidadas e que permitem o escoamento da produção, além de facilitar a vida dos cidadãos. Também estamos nos modernizando a partir de concessões e melhoria dos aeroportos regionais”.

Resposta rápida e eficiente

Foram vários investimentos para garantir melhor segurança à população de Tangará, entre eles, estão: incremento bélico para a polícia civil; reforma do Instituto Médico (IML), com aquisição de uma viatura e contratação de um técnico em necropsia; compra de um caminhão Auto Bomba Tanque (ABT), de capacetes e mais 29 bombeiros acrescidos ao efetivo do Corpo de Bombeiros Militar no município; e ainda compra de seis novas motocicletas para a polícia militar.

Todos esses recursos impactaram na redução da criminalidade, um exemplo é que o número de roubos caiu mais de 40% no município, diminuindo de 241 para 141 nos primeiros quadros meses de 2017, na comparação ao mesmo período deste ano. A mesma dinâmica é verificada em relação aos furtos, que tiveram uma queda de 45%, reduzindo de 615 para 341, também nesse mesmo período.

24 horasnews

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA