PF investiga organização criminosa que desviava recursos públicos em AL

untitledMaceió/AL – A Polícia Federal, com o auxílio da Receita Federal do Brasil,  deflagrou nesta terça-feira (5/12) a Operação Kali, que investigou uma suposta organização criminosa envolvida em desvio de recursos público, corrupções ativa e passiva e lavagem de dinheiro nos estados de Alagoas, Pernambuco e Maranhão.

Cerca de 110 policiais federais e equipes da Receita Federal cumpriram 25 mandados de busca e apreensão, ordens de sequestro de bens e bloqueios de contas e veículos, expedidos pela 2ª Vara Federal de Alagoas.

A investigação é um desdobramento da Operação Astaroth, deflagrada em julho de 2017, que desvelou um grande esquema de desvio de recursos públicos da Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro/AL, ocorrido entre os anos de 2009 e 2016.

O nome Kali é uma alusão à deusa hindu que é considerada a destruidora da maldade e ceifadora de demônios.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h, na sede da PF em Alagoas, no Jaraguá.

Fonte: PF

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA