Buscas de avião desaparecido em MT entra no 3º dia nesta segunda

untitledA Força Aérea Brasileira (FAB) encerrou na noite deste domingo o 2º dia de buscas pelo avião monomotor que desapareceu no sábado, 9, enquanto fazia o trajeto entre Colniza e Juara, cidade a cerca de 640km de Cuiabá.

As buscas com ajuda de aeronaves particulares também serão retomadas nesta segunda-feira.

A FAB disse que não conseguiu rastrear, até o momento, onde está a aeronave. Militares de Campo Grande (MS) começaram a fazer buscas pelo avião neste domingo. Segundo a família do piloto, aeronaves da FAB fizeram sobrevoos na região. Até o final da noite deste domingo não havia sinais da aeronave ou dos ocupantes.
De acordo com a família, estavam na aeronave o piloto Leandro Ferreira Pascoal, de 28 anos, a mulher dele, Francieli Pascoal, e o filho do casal, de 1 ano e 7 meses.

A aeronave é um ultraleve, prefixo PUMMT, modelo Paradise P1, registrada no nome de Leandro e só é autorizada a fazer voos particulares, sem fins comerciais. Leandro, era pecuarista e costumava visitar seus pais na cidade.

Ele fazia usualmente esse trajeto, com duração de uma hora e meia, há quatro anos e nunca teve problemas. O último contato foi às 10h30 de sábado, quando o piloto informou que sobrevoava a cidade de Juruena, a 40 minutos do destino final.

A família tentou contato pelo rádio de comunicação da aeronave, depois fez buscas em pistas de fazendas da região, sem sucesso. Na tarde de ontem, aviões de amigos sobrevoaram a região, mas não localizaram a aeronave.

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave SC-105 Amazonas e o helicóptero H-1H da Força Aérea Brasileira (FAB) estão engajados desde a manhã deste domingo, 10, nas operações de busca e salvamento, que se concentram nas proximidades do município de Juruena (MT). A área está sob responsabilidade do Cindacta IV, de Manaus.

24 horasnews

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA