DERRFVA prende integrante de quadrilha que aplicava golpes em locadoras de veículos

untitledAcusado de integrar uma quadrilha especializada em golpes em locadoras de veículos, Cláudio Antônio de Arruda, 44, foi preso pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), da Polícia Judiciária Civil, nesta terça-feira (29.08). A prisão do suspeito aconteceu após a equipe da DERRFVA receber informações sobre o grupo criminoso que alugava veículos, para serem adulterados e posteriormente vendidos.

As investigações iniciaram após o registro de um boletim de ocorrência em Alta Floresta, em que um veículo Volkswagem Gol, branco foi locado e não foi devolvido a empresa. Com as informações, policiais chegaram ao nome de Cláudio, morador do bairro distrito industrial, em Cuiabá.

Ao ser abordado pela equipe da DERRFVA, o suspeito confessou fazer parte da quadrilha especializada em golpes em locadoras veículos. Segundo o acusado, além do veículo Gol, locado em Alta Floresta, dias antes, ele também foi responsável pela locação de um veículo Volkswagem Voyage, em Várzea Grande em seu nome, que também não foi devolvido.

Os veículos foram entregues para outros dois integrantes da quadrilha para serem adulterados e posteriormente vendidos, consumando o golpe contra as locadoras. Outro integrante da quadrilha, também morador de Cuiabá, fazia o recrutamento de pessoas para aplicar o golpe nas empresas.

O suspeito foi conduzido a DERRFVA e em interrogatório, contou receberia porcentagem na venda do veículo e que o dinheiro para dar o caução nas locadoras era fornecido pelo líder da quadrilha, que também era responsável em dar destino aos veículos.

Segundo o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, além desses dois golpes que o suspeito confessou há outros crimes praticados pelo grupo que serão investigados, pela DERRFVA. “Vamos trabalhar agora para identificar e prender os demais integrantes da quadrilha, assim como esclarecer outros crimes praticados pelos criminosos”, destacou o delegado.

O conduzido foi autuado por associação criminosa e estelionato e em seguida, encaminhado para audiência de custódia na Capital.

Fonte: PJC MT
COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA