Brasil enfrenta Portugal pelas quartas de final da Copa do Mundo

untitledNemm teve como lamentar a bicicleta que caprichosamente parou na trave. Para compensar o belo lance perdido, Rodrigo marcou cinco vezes em jogadas igualmente plásticas e liderou a vitória por goleada do Brasil sobre o Japão.

Na terceira e última rodada da fase classificatória da Copa do Mundo de futebol de areia, em Nassau, nas Bahamas, o camisa 9 foi o destaque do triunfo por 9 a 3, que selou a eliminação dos asiáticos e confirmou a primeira posição da seleção no Grupo D e a vaga nas quartas de final da competição.

O adversário do Brasil nas quartas será ninguém menos do que Portugal. Também nesta terça, os atuais campeões mundiais derrotaram os Emirados Árabes por 2 a 1, ficando na segunda colocação do grupo C.

O duelo entre brasileiros e portugueses será na quinta-feira, às 18h (de Brasília). O SporTV transmite ao vivo. Os outros confrontos das quartas serão: Paraguai x Taiti, Suíça x Irã e Itália x Senegal.

Japão só ameaça no início e não segura Rodrigo

O Brasil dominou as ações ofensivas no princípio da partida. Nessa pressão, abriu o placar em gol contra de Goto após boa jogada de Bokinha pela esquerda. Dois minutos depois veio o segundo em cobrança de falta de Rodrigo, na qual o quique na areia enganou o goleiro Terukina.

A primeira boa chance do Japão veio em bela bicicleta de Haraguchi, que passou rente à trave. A diferença no placar foi reduzida em um lance não tão plástico, mas oportunista de Oba, que pegou a sobra e contou com um desvio na areia para superar o goleiro Mão. Depois que Bokinha desperdiçou um pênalti, os asiáticos cresceram. Na bola parada, Goto deixou tudo igual: 2 a 2.

No segundo tempo, demorou um pouco para surgir uma chance concreta. Ela viria em passe açucarado de Datinha para Rodrigo, que matou bonito no peito depois acertou o ângulo adversário para recolocar o Brasil à frente.

Datinha voltou a aparecer em chute de longe providencialmente desviado por Mauricinho para o fundo das redes. O mais bonito estaria por vir. Após lançamento de Mão, Catarino foi servido com um passe de peito e chutou com estilo de primeira.

A parcial só não foi perfeita porque Bokinha errou ao tentar cortar a bola de cabeça e encobriu Mão, marcando contra. A vantagem de três gols, no entanto, se manteria graças ao inspirado Rodrigo. Logo depois de mandar uma bicicleta na trave, ele recebeu passe da direita e empurrou para o fundo do gol: 6 a 3.

O baile seguiu no terceiro tempo. Em nova cobrança de falta, desta vez quase colada na lateral esquerda, Rodrigo ampliou ainda mais a vantagem (7 a 3). O Japão teve a oportunidade de descontar com Iino, que parou no travessão. O Brasil ainda teve um gol anulado ao marcar domínio de Bruno Xavier com o braço – para protesto do capitão.

Mas o placar elástico em momento algum foi ameaçado. Em tabela com Rodrigo – ele de novo – Mauricinho marou o oitavo da seleção. Para encerrar a festa, foi a vez de Rodrigo receber de Mauricinho para dar números finais à goleada: 9 a 3.

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA