GM apresenta novo Cruze Hatch e compacto elétrico ‘acessível’

gdA General Motors (GM) revelou nesta quinta-feira (7) imagens do novo Cruze Hatch, que fará sua estreia oficial ao vivo no Salão de Detroit, na próxima semana. O modelo segue a reformulação do Cruze sedã, apresentada em 2015, e que deve chegar ao Brasil ainda neste ano.

No Brasil, o hatch é chamado de Cruze Sport6 e foi apenas o 4º colocado em vendas na categoria no ano passado. O novo Cruze Hatch tem a mesma distância entre-eixos do sedã (2,7 metros) e porta-malas de 524 litros, que pode ser expandido para 1.189 com os bancos traseiros rebatidos.

A fabricante não divulgou muitas especificações técnicas, mas adiantou que ele poderá ser equipado com motor 1.4 turbo nos EUA, onde terá as versões L, LS, LT e Premier, além de um pacote esportivo RS, que aparece nas primeiras imagens de divulgação.

Bolt Na noite da quarta-feira (6), a GM mostrou a versão definitiva de seu novo automóvel elétrico, o Chrevrolet Bolt EV, cuja produção começará este ano visando conquistar o público com um preço “acessível” nos Estados Unidos, de acordo com a France Press.

“O Bolt EV é realmente o primeiro veículo elétrico que consegue vencer os desafios de autonomia e preço acessível”, disse a presidente da GM, Mary Barra, ao apresentar o veículo na feira de produtos eletrônicos CES, em Las Vegas.

O Bolt tem autonomia de 320 km com bateria em plena carga e custará US$ 30 mil (cerca de R$ 120,8 mil), deduzidas subvenções governamentais. Em comparação ao Model S, da fábrica californiana de carros elétricos Tesla, o Bolt custa a metade do valor do modelo mais simples.

Barra disse que o Bolt é um “automóvel realmente divertido de dirigir” e tem recursos que lhe permitem, por exemplo, sincronizar-se automaticamente com o smartphone de seu proprietário através dos sistemas Apple CarPlay e Android Auto do Google, que incluem funções de cartografia, verificação do nível de carga da bateria e até a climatização programada do interior do veículo. “É simples, inovador e torna o ato de dirigir mais fácil”, resumiu a presidente da GM.

24horasnews

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA