Dólar sobe para R$ 4,05 com pessimismo vindo da China

gdO dolar opera em alta nesta quinta-feira (7) impulsionado pelo pessimismo generalizado vindo do mercado acionário chinês que, pela segunda vez nesta semana, interrompeu suas negociações após quedas superiores a 7%.

O pessimismo veio da decisão do banco central local de definir a taxa referencial do yuan em patamar 0,5% menor que o do dia anterior, no nível mais baixo desde março de 2011.

A medida elevou o temor de que a segunda maior economia do mundo esteja entrando em uma disputa de desvalorização cambial com seus parceiros comerciais. Além disso, a queda nos preços do petróleo e o aumento da tensão geopolítica após o teste nuclear da Coreia do Norte também colaboraram para o tombo das bolsas asiáticas.

Às 9h15, o dólar à vista tinha alta de 0,73%, cotado a R$ 4,0538. No mercado internacional, o Dollar Index – que mostra a variação da moeda ante uma cesta de 6 divisas – recuava 0,30%.

Jefferson Luiz Rugik, diretor da Correparti Corretora, destaca que novos fluxos positivos podem diminuir os ganhos do dólar ao longo da sessão, como aconteceu nos últimos pregões.

24horasnews

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA