Bolsa Atleta pode ser solicitada até 29 de fevereiro

gdEstão abertas as inscrições para atletas mato-grossenses interessados em pleitear recursos do programa Bolsa Atleta. O benefício é oferecido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer (Sael-MT).

O prazo para a solicitação é até 29 de fevereiro. Os valores das bolsas são de R$ 800 para atletas que disputam campeonatos nacionais e R$ 500 para atletas educacionais que disputam os Jogos Estudantis e Universitários, por exemplo.

O recurso será repassado em 12 parcelas mensais. Segundo o secretário adjunto de Esporte e Lazer, Pedro Luiz Sinohara, o governo estuda a possibilidade de aumentar as bolsas, mas por enquanto esses são os valores disponíveis. Para pleitear o benefício o interessado deve encaminhar o pedido para o setor de protocolos da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT), localizada no Centro Político e Administrativo de Cuiabá (CPA).

Atletas que disputam campeonatos nacionais devem incluir no protocolo declaração da entidade ou federação esportiva atestando a participação do atleta em eventos pelo Estado Mato Grosso e que nesses eventos foi alcançada classificação ou obtidos índices de ranking nacional.

Já para adquirir o Bolsa Estudantil uma das exigências é a apresentação de documento que comprove a participação do estudante em jogos escolares. Ao conquistar o benefício, é preciso prestar contas de como está sendo utilizado o recurso. O dinheiro tem que ser usado principalmente para o treinamento do atleta.

A Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer lembra que a prestação de contas deve ser feita após o término do benefício, até mesmo para pleitear novamente o recurso. Serão priorizadas as solicitações dos atletas que praticam esportes olímpicos.

Os interessados também precisam ficar atentos quanto aos documentos necessários para o protocolo. Isso porque, dos 72 pedidos de bolsas do ano passado nenhum foi aprovado devido à falta de documentação.

Conforme o secretário executivo do Conselho Estadual do Desporto (Consed-MT), Francisco Junior, o atleta deve protocolar o pedido completo, já que não poderá ser anexado nenhuma documentação depois do fim do prazo de solicitação do recurso. O Bolsa Atleta de Mato Grosso teve início em 2004 e é um dos programas mais importantes de incentivo ao esporte, auxiliando atletas de diferentes modalidades.

“Um deles foi o judoca cuiabano Davi Moura, que é considerado o principal atleta da modalidade em Mato Grosso. O próprio Chiquinho [atual secretário executivo do Consed] foi beneficiado pelo recurso, na época em que ele foi campeão mundial de jiu-jítsu por Mato Grosso”, lembrou Sinohara.

24horasnews

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA