Prefeito se reúne com moradores da Vila Goulart e mostra avanços da administração no bairro

Prefeito explica benfeitorias. Foto Roger Andrade.
Prefeito explica benfeitorias. Foto Roger Andrade.

O prefeito Percival Muniz se reuniu, com aproximadamente 100 moradores da Vila Goulart no salão comunitário ao lado da igreja católica do bairro. No encontro o prefeito ouviu os anseios da população e mostrou as melhorias que estão sendo realizadas na região.

De acordo com Percival Muniz o bairro esteve esquecido por mais de trinta anos, e que a atual gestão está trazendo investimentos robustos e que irão mudar o perfil da região. “Estamos completando a rede de esgoto e a drenagem, que eram os maiores problemas. Estamos fazendo na região talvez a maior galeria da cidade, e também completando a pavimentação. Fico feliz em discutir com a população, sabemos que ainda vai faltar um pouco de asfalto e que devemos terminar mais à frente, mas eles entenderam a situação, ficaram contentes e mostraram seu ponto de vista”, disse.

Alguns moradores da parte mais alta do bairro solicitaram ao prefeito a pavimentação da área, porém foi explicado aos moradores através do secretário Municipal de Infraestrutura, Melquíades Neto, que a parte baixa foi beneficiada devido a necessidade da criação de um sistema de drenagem.

“Hoje o município não tem recursos para pavimentar o restante do bairro, mas aproximadamente 26 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica estão sendo realizadas no momento. Os investimentos em infraestrutura no bairro chegam a quatro milhões e trezentos mil reais”, comenta.

O diretor de técnico do Sanear, Cristóvão Teixeira, comunicou aos presentes que a elevatória ficará pronta até o 20 de janeiro, aí então os moradores serão autorizados a retirarem o esgoto, que hoje é canalizado para a fossa céptica, e passar para a rede de esgoto pública. “A preocupação do prefeito é melhorar a qualidade de vida da população, aumentando a disponibilidade de rede esgoto. Quando assumimos a gestão tínhamos 29% e hoje já estamos com mais de 70% de esgoto em Rondonópolis”.

Da assessoria

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA